metareciclagem

Sobre mulheres, máquinas e deusxs

Fabi Borges compartilhou dois vídeos na lista, um trata sobre a tentativa de um "lab experimental" no  alto Rio Negro:

 

Notem que enquanto os machos tomam ayahuasca as mulheres ficam na tenda, hoje em dia, vendo novela.

 

 

E o outro sobre uma conversa com Beth de Oxum que fala sobre a importância do papel da mulher, como Mãe de Santo:

 

Pelo fim do racismo institucional na Sambada de Coco da Umbigada

Ricardo Ruiz compartilhou a petição de apoio à Sambada de Coco do Guadalupe, ou Sambada de Coco da Umbigada. A Sambada é uma manifestação cultural oriunda do terreiro de Matriz Africana Ilê Axé Oxum Karê, promovida há mais de 15 anos no Beco da Macaíba, em Guadalupe, Olinda. Mas corre risco de acabar, por isso a petição busca:

 

(...)não só reconhecimento dessa atividade por parte do Poder Público, mas que se garanta sua continuidade e que não se permita nenhuma perseguição, manifestação de racismo institucional ou intolerância religiosa a essa tradição da cultura popular.

 

Assine aqui!

Todo mundo aqui sabe o que é Arduino?

Aconteceu no último dia 28 de julho o Segundo Encontro Open Hardware, em Brasília, e Werbert compartilhou na lista #metareciclagem a documentação:

 

Gostaríamos que comentassem os vídeos e dessem a sua opinião. Abracem esse movimento para que, no próximo ano, tenhamos um evento ainda melhor.

 

Palestra Isaias Coelho: Como Comprar componentes mais baratos

 

Palestra Jeronimo Avelar - Arduino SNMP

 

Palestra Paulo Soares - Revelação de circuito impresso com método fotográfico.

 

As demais palestras ainda estão sendo carregadas e serão disponibilzadas no canal do YouTube. O evento na integra pode ser visto no canal do Livestream.

Perfis são pessoas? ou números

No post passado, Thiago Hersan comentou sobre sua experiência com perfis duplicados no Facebook:

 

Em 2010, criei 11 perfis no Facebook, todos com meu nome e fotos minha. Mas distribui as senhas e deixava meus amigos usarem os perfis como quisessem. Alguns eram mulher, alguns eram hetero, outros homo. Moravam aqui, nos EUA, na China, gostavam de rock, samba. Esse ano o Facebook percebeu, e desativou todas as contas. Menos uma! Parece que realmente querem saber quem eu sou!

 

Para quem ainda supermensura a valorização de uma GRANDE rede de tanta gente, vale ler o link que Mbraz compartilhou sobre a falácia do Facebook.